Id Estudantil – Onde é aceita a nova carteirinha de estudante digital

O portal da ID Estudantil, foi criado pelo Ministério da Educação, é um novo sistema que será responsável pela emissão gratuita da carteirinha do estudante, de maneira totalmente digital.

Essa novidade veio por intermédio de uma medida provisória aprovada por Jair Bolsonaro. A intenção é diminuir as fraudes e trazer economias para o governo, pois a carteirinha digital vai custar R$ 0,15 e será paga com valor dos impostos arrecadado dos contribuintes.

Como emitir a ID Estudantil?

O aplicativo está disponível nas lojas virtuais para IOS e Android, para que possa ser feito o download da ID Digital do Aluno através dele. Acredita-se que o programa esteja finalizado em dezembro, assim permitindo o início dos cadastros para 2020.

Após o download há dois caminhos:

Para quem tem CNH

Para os que possuem CNH terão de ir até o canto superior direito da tela, clicar em inserir ID Estudantil, aceitar os termos de uso e tocar em tirar fotografia. Essa imagem passará por um processo de validação facial e será comparada com a da CNH. Por fim, aparecerá na tela do celular a frase “Pronto! ID Estudantil gerada com sucesso”.

id estudantil celular

Para quem não tem CNH

Para os que não têm carteira de motorista terão de ir até o canto superior direito da tela, clicar em inserir ID Estudantil, aceitar os termos de uso, tocar em tirar fotografia. Na sequência, será pedido que seja fotografada a frente e o verso da sua carteira de identidade, após a realização destes processos, a carteira estará pronta.

No portal do MEC, o idestudantil.mec.gov.br, há um contador regressivo para o lançamento da ID Estudantil.

Confira o tutorial completo de cadastro aqui. 

id estudantil quem tem direito

A carteirinha estudantil digital tem custo?

A ID Estudantil é grátis para os estudantes que quiserem fazê-la. Segundo o MEC, o custo de cada carteirinha é de R$ 0,15, e será suprido pelos impostos pagos pelos contribuintes. “O MEC não cobrará por isso, vem do pagador de imposto. Mas é um valor irrisório, 15 centavos”, disse em coletiva de imprensa o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

As carteirinhas físicas, utilizadas atualmente e que costumam custar cerca de R$ 35,00, continuarão sendo pagas pelo estudante que optar por ela.

Quem pode fazer a carteirinha estudantil digital?

O acesso à carteirinha digital é garantido aos estudantes cujas instituições de ensino já enviaram as informações dos alunos ao Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão vinculado ao MEC. Após o envio o Inep será responsável por alimentar e administrar um banco de dados nacional dos estudantes. Conforme relatado pelo MEC, 600 mil alunos já estão habilitados a ter a carteirinha digital.

Os estudantes que acessarem o aplicativo e não conseguirem emitir o documento por falta de cadastro devem entrar em contato com a instituição de ensino e pedir o envio de dados ao Inep.

Qual a validade de uma ID Estudantil?

A ID Estudantil terá o prazo de validade indeterminado, pois será válida enquanto o aluno estiver estudando. A partir do momento em que ele for desvinculado de uma instituição de ensino, a carteirinha será cancelada automaticamente.

Para quem utiliza as versões físicas, o vencimento é sempre dia 31 de março do ano seguinte a data da emissão.

Onde é aceita a nova carteirinha digital de estudante?

A nova carteira do estudante poderá ser usada em diversos eventos culturais, como: shows, teatros, cinemas, entre outros. Nestes eventos o estudante terá direito a um desconto de 50%, a conhecida meia entrada. Esta foi uma solução foi criada para que os estudantes do Brasil possam ter mais qualidade de vida.

Aplicativo ID Estudantil

Como funcionará a ID Estudantil?

A carteirinha digital ficará disponível para acesso no celular, no aplicativo do ID Estudantil. Segundo o MEC, a identificação nos eventos, será feito por meio de QR Code, que ficará localizado abaixo da foto da pessoa no aplicativo. De acordo com o MEC, OSerpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) será parceiro desta iniciativa, com o cruzamento de dados para evitar fraudes.

 Funciona off-line?

Após a emissão da Id Estudantil, é só acessar o aplicativo para utilizá-la. Não é preciso ter a conexão com a internet, pois a validação da carteirinha será feita por meio da leitura de um QR Code, localizado abaixo da foto do estudante no aplicativo.

Deixe seu Comentário

WebGo Content