Como funciona a ID Estudantil – Nova carteirinha de estudante digital

A partir de 2020 os estudantes da rede pública e privada poderão usar a carteirinha de estudante na versão digital, por meio do programa ID Estudantil. Ao se cadastrar no sistema o usuário terá todas as informações reunidas num só lugar e com QR Code para que autoridades possam checar a identidade do aluno, garantindo-lhe tanto a devida identificação nos espaços acadêmicos e/ou escolares como a meia entrada em eventos culturais e esportivos.

Para ter tal carteirinha estudantil digital, o Ministério da Educação (MEC) lançou a ID Estudantil – o aplicativo responsável por essa função. Entenda aqui como vai funcionar esse sistema.

Como funciona o ID Estudantil

  • O aluno se cadastra no sistema por meio do aplicativo oficial, o que pode levar até três dias para confirmação das informações;
  • Com a carteirinha ID Estudantil ativada basta usar como identificação;
  • O aplicativo funciona offline e online;
  • Na aba de “inspire-se” o usuário confere notificações sobre  a instituição e datas de provas importantes como o Enem.
  • O cadastro da nova ID Estudantil deve ser feito até o primeiro dia do ano letivo, para garantia da devida identificação;
  • O aplicativo não extinguiu a emissão física de carteirinha.

Baixar o ID Estudantil

Como dito, a ID Estudantil é o aplicativo que permitirá que você emita sua carteirinha digital, que se configura como um importante documento para os estudantes, dando direito à meia-entrada em diversas atividades culturais, como cinemas, shows e teatros. O download do aplicativo pode ser feito no Google Play e Apple Store, disponível para dispositivos Android e iOS. Use os botões, abaixo para baixar o sistema em seu dispositivo.

Baixar na Play Store

Baixar na Apple Store

Quem tem direito ao ID Estudantil?

id estudantilA ID Estudantil é direcionado a todos os estudantes da educação básica, tecnológica e superior do país. Sendo assim, está permitida tanto os alunos do fundamental e médio como os graduandos e pós-graduandos.

Com a ID Estudantil, há a previsão de uma criação de um banco de dados nacional de estudantes de modo a subsidiar a formulação, implementação, execução, avaliação e monitoramento das políticas públicas na área da educação.

É importante frisar que a carteirinha estudantil digital não é obrigatória, o uso é totalmente voluntário, afinal as carteirinhas emitidas por entidades estudantis continuam sendo válidas.

Outro detalhe que se deve abordar é que o acesso garantido à carteirinha digital dos estudantes está liberado para as instituições de ensino que já enviaram as informações de seus alunos ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que é um órgão vinculado ao MEC.O Inep alimenta e administra o banco de dados nacional dos estudantes.

Qual é o custo da carteirinha digital do estudante?

Sendo informações do MEC, cada carteirinha custa um irrisório valor de R$ 0,15. Na realidade, esse valor será arcado através dos impostos pagos pelos contribuintes.

Se você for analisar, as carteirinhas estudantis físicas exigem o pagamento que variam de R$ 10,00 a R$ 35,00 dependendo da política de cada instituição de ensino. Entretanto, o cadastro no Id Digital isenta a necessidade de impressão e lhe fará ter um acréscimo no imposto de R$ 0,15, somente.

Cadastro na ID Estudantil

O primeiro passo para fazer a carteirinha estudantil digital é fazer o download do aplicativo ID Estudantil na Apple Store ou Google Play.

como fazer id estudantil

Depois, será necessário que se faça um cadastro pelo login único gov.br – para isso, use o CPF e a senha para ter acesso ao sistema do Governo Federal.

  • Se você, estudante, possui CNH, o sistema fará um cruzamento de uma fotografia do rosto que foi tirada com o aplicativo com os dados existentes no Denatran: assim há reconhecimento facial e se evita tentativas de fraude.
  • Se você não possui CNH, o aplicativo solicitará uma fotografia de seu rosto e uma foto do RG para comprovar sua idade, ok? Para estudantes estrangeiros, o sistema permite o uso do RNE.
  • Para menores de idade, é interessante que o responsável legal faça o download do app e acompanhe o acesso do jovem, para auxiliá-lo.

O estudante precisará autorizar o uso de seus dados pessoais para que ocorra a “composição do cadastro unificado e para utilização no ciclo das políticas públicas estudantis”.

A partir disso, você já possui sua carteirinha digital do estudante, que ficará disponível no aplicativo.

Se você não conseguir acessar o aplicativo e emitir o documento por falta de cadastro, entre em contato com sua instituição de ensino, pois provavelmente ela ainda não encaminhou os dados dos alunos ao Inep.

Como usar a carteirinha digital do estudante? 📱

Como não precisa ser impressa, a carteirinha estudantil digital fica disponível no aplicativo da ID Estudantil.

Em casos de eventos, a identificação do aluno – e a veracidade das informações como meia-entrada – será feita através de um QR Code, que estará localizado abaixo da foto do estudante no app.

O MEC também garante que o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) atuará no cruzamento de dados para evitar as fraudes.

A ID Estudantil é um passo incrível que caminha com o advento da tecnologia para reduzir a burocracia e universalizar o acesso a este documento a todos os estudantes!

Outras informações sobre a ID Estudantil podem ser conferidas aqui.

Patrícia Fischer

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content